São Paulo-SP
São Paulo-SP
Resende-RJ
(11) 2157-6265 INSTITUTO ENDOVITTA R. Vergueiro, 3558 - 807 - Vila Mariana
(24) 3358-1650 CLÍNICA MONTE SINAI R. Washington Luiz, 120 - Vila Julieta
CRM-SP
109.612
CRM-RJ
52-706523
Agende Agora

Entrar na água depois de comer é perigoso e causa congestão?

“Agora, você só pode entrar na água daqui a duas horas!” Essa famosa frase, proferida há décadas por muitas mães após os filhos terminarem de comer, causa (ou já causou) frustação nas crianças que querem pular na piscina ou no mar depois do almoço –e é a alegria dos pequenos que vivem fugindo do chuveiro.

A razão para proibir o banho é a crença de que entrar na água após comer faz mal à saúde e pode causar congestão. Será que existe mesmo motivo para tal preocupação?

Entrar na água depois de comer é perigoso?

A verdade é que, após a refeição, o simples contato com a água praticamente não oferece riscos à saúde, –seja em um banho de mar ou piscina, seja no chuveiro. Porém, a atividade física (nadar), sobretudo em alta intensidade, pode ser perigosa.

Ao terminar de comer, o organismo dá prioridade à digestão e há um maior fluxo sanguíneo no estômago. Da mesma forma, quando praticamos exercícios, os músculos necessitam de mais sangue. Com tantas demandas, pode haver um desequilíbrio na irrigação de sangue em diversas partes do organismo, prejudicando a digestão e até o cérebro, o que gera mal-estar, tontura, síncope (perda de consciência rápida), náuseas e vômito….

Veja mais em: VIVA BEM UOL

 

Dra. Elaine Moreira

Médica especialista em gastroenterologia.
Pós-graduada em Medicina Integrativa, Hospital Israelita Albert Einstein
Coordenadora do MIPRA e Membro da Comissão FBG Mulher

Buscar por categoria: